segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Parabéns Pedro Pinto!

Felicitamos, hoje, o nosso trompetista Pedro Pinto que acaba de completar mais um ano de vida. Muitos parabéns Pedro, feliz aniversário!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Parabéns Beatriz Cardoso!

Hoje felicitamos a nossa jovem clarinetista Beatriz Cardoso pelo comemorar de mais um aniversário. Muitos parabéns, feliz dia de aniversário! 

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Estudar música na juventude ajuda a aguçar a inteligência na idade adulta

Segundo um estudo de 2011 apresentado pelo jornal internacional Neuropsychology, da Associação Americana de Psicologia, os jovens que aprendem e praticam música tornam-se adultos mais inteligentes.

"A pesquisa analisou indivíduos que tiveram contacto com diferentes instrumentos musicais na infância, observando que estes conseguiram um desempenho muito melhor em testes realizados, comparados com aqueles que não tiveram esta experiência."

(...)

"O centro da questão é que, para os autores da pesquisa, a atividade musical pode servir como um desafio cognitivo, capacitando o cérebro a armazenar mais informações à medida que envelhece. Segundo Brenda Hanna-Pladdy, chefe da pesquisa, em entrevista ao jornal inglês Daily Mail, “estudar um instrumento requer anos de prática e aprendizado. É possível que a prática crie conexões alternativas no cérebro que ajudam a compensar a redução cognitiva fruto da velhice”."

"A descoberta mostra fundamentalmente que o funcionamento cerebral pode, sim, ser alterado e a música pode ser tema para considerações futuras porque envolve uma combinação de capacidades motoras, leitura, audição e ações repetitivas."

(...)

"Além disso, existe um aspecto que estudos como este não costumam apontar, por se tratar de algo imponderável e subjetivo: o desenvolvimento da sensibilidade que a música proporciona. O facto de se trabalhar com sentidos que, normalmente, apenas usamos de maneira banal e quotidiana (audição, atenção, concentração, emoção), faz com acabemos aguçando-os, o que invariavelmente aumenta nossa percepção quanto a tudo, seja apreciando arte, lendo, conversando, sabendo ouvir outra pessoa, relacionando-se com outros indivíduos, enfim, fazendo uso da sensibilidade no dia-a-dia."

Leia o artigo completo aqui.


Quarteto de clarinetes da Banda Filarmónica de Pinhel
Audição final | Academia de Música de Pinhel | junho 2013

sábado, 14 de setembro de 2013

Programa informático português converte pautas musicais manuscritas em formato digital

"Uma investigadora portuguesa desenvolveu um software capaz de ler pautas musicais manuscritas. O projeto já mereceu uma distinção na International Conference on Document Analysis and Recognition (ICDAR), nos EUA.

Ana Rebelo é o rosto por detrás deste inovador sistema, capaz de fazer o reconhecimento ótico de partituras musicais manuscritas. Ao contrário das impressas, as pautas manuscritas possuem uma série de dificuldades adicionais, em que a notação varia de músico para músico e até mesmo ao longo de uma só pauta, com linhas e símbolos de diferentes tamanhos, formas e intensidades. 

Criado no âmbito do doutoramento que realizou na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e da iniciativa Optical Recognition System for Handwritten Music Scores, este software visa o fornecer versões digitais e de fácil manuseamento das obras originais.

A partir daí é possível preservar esses mesmos registos, através da utilização de alegoritmos para detetar linhas de pauta e reconhecer símbolos musicais."


Ver artigo completo aqui.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Festa de Nossa Senhora de Fátima (Pinhel) | 08 setembro 2013

A festa em honra de Nossa Senhora de Fátima é já uma tradição em Pinhel. 

Anualmente, em setembro, é realizada uma missa e procissão pelas ruas da cidade em seu louvor. E, como é já também habitual, o acompanhamento musical está, normalmente, a cargo da Banda Filarmónica de Pinhel.

Este evento religioso teve lugar ontem, durante a tarde, e nós também marcámos presença.

Um agradecimento especial aos mordomos pela simpatia, acompanhamento e todo o apoio que nos prestaram durante esta atuação. Obrigado!


Mais fotografias em: www.facebook.com/filarmonicapinhel

sábado, 7 de setembro de 2013

Sabe o que é que a música desenvolve no ser humano?

Eis uma (pequena) amostra dos muitos benefícios que a Música traz a todos aqueles que se dedicam a estudá-la e a praticá-la... :)

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Um agosto preenchido...

O mês de agosto já terminou e, com ele, o ponto alto das atuações filarmónicas também.
Para nós, foi um mês muito gratificante onde estiveram sempre presentes o trabalho, a dedicação, o convívio e, acima de tudo, o prazer em fazer música!


Percorremos muitos quilómetros (a pé e não só!), passámos por diversos concelhos e distritos de Portugal, oferecemos música a "nuestros hermanos" de Espanha, conhecemos e convivemos com muitas pessoas... Porque é o público que nos move e nos dá ainda mais ânimo para continuar! 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Orquestra 21 - Uma orquestra de emigrantes (Reportagem Sic)

"Meia centena de músicos portugueses espalhados pelo mundo juntaram-se em Portugal. Durante uma semana vão tocar em vários pontos do país."

Parabéns Alina Saraiva e Gabriel Teixeira!

Hoje o aniversário é em dupla: tocamos e cantamos os parabéns aos nossos músicos Alina Saraiva (saxofonista) e Gabriel Teixeira (trompetista), que completam mais um ano de vida (e na nossa companhia!).
Muitos parabéns aos dois, feliz dia de aniversário e muita música sempre!


terça-feira, 3 de setembro de 2013

Dia Nacional das Bandas Filarmónicas - Diário da República

Ainda a propósito do Dia Nacional das Bandas Filarmónicas, celebrado no passado domingo, deixamos agora o texto integral publicado em Diário da República aquando da decisão governamental relativamente à criação do mesmo.

Diário da República, 1.ª série — N.º 164 — 27 de agosto de 2013 5181
PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS
Resolução do Conselho de Ministros n.º 56/2013...

A música amadora e as Práticas Culturais Amadoras
constituem uma realidade com uma fortíssima presença
e expressão no território nacional, que envolve mais de
700 bandas filarmónicas, algumas com cerca de 300 anos
de atividade. Predominantemente de raiz popular e profundamente
embebidas nas comunidades, são ainda muitas
vezes o recurso para a aprendizagem da música para muitos
jovens portugueses, em especial nas zonas mais afastadas
dos centros urbanos. Assim, as bandas filarmónicas desenvolvem
atividades que cobrem áreas tão diversas como a
prática de instrumentos, arranjo e composição, direção
de orquestra, reparação e manutenção de instrumentos,
conservação e restauro de partituras, ensino, gestão ou
direção associativa.
Para além do seu papel na preservação, divulgação e
formação musical, as filarmónicas podem também ser
facilmente apercebidas como centros de socialização locais
e inter-relacionais, constituindo um capital social valioso,
com substancial impacte e influência na vida da comunidade,
através da agregação de valores sociais e culturais
de inclusão, e da construção de identidade e coesão territorial.
Esta vasta realidade tem merecido o reconhecimento do
Estado, em parte já manifestado através da Lei n.º 123/99,
de 20 de agosto, que define, nomeadamente, as regras através
das quais o Governo apoia anualmente as bandas de
música filarmónicas, no Decreto -Lei n.º 128/2001, de 17 de
abril, que regulamenta a suprarreferida Lei n.º 123/99, de
20 de agosto, sem prejuízo de outras iniciativas, como a
Lei n.º 34/2003, de 22 de agosto, que fixa o Dia Nacional
das Coletividades e da Lei n.º 20/2004, de 5 de junho, que
consagra o regime de apoio aos dirigentes associativos
voluntários.
A criação de um dia comemorativo é uma consolidação
do reconhecimento da importância do trabalho desenvolvido
pelas bandas filarmónicas ao serviço das comunidades,
sendo um anseio de longa data das organizações
do sector, que trará um destaque coletivo da sociedade e
constitui a justa homenagem à história e à importância da
ação quotidiana contemporânea desenvolvida por largos
milhares de cidadãos a favor da cultura e da música popular
portuguesa. Considera -se para este efeito o dia 1 de setembro,
por coincidir com o culminar da época do ano em
que, em geral, as bandas filarmónicas atingem o expoente
máximo da sua atividade cultural.
Assim:
Nos termos da alínea g) do artigo 199.º da Constituição,
o Conselho de Ministros resolve:
Institucionalizar o dia 1 de setembro como o Dia Nacional
das Bandas Filarmónicas.

Presidência do Conselho de Ministros, 14 de agosto de
2013. — O Primeiro -Ministro, Pedro Passos Coelho.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Parabéns Francisco Morgado!

Inauguramos os aniversários do mês de setembro felicitando o nosso percussionista Francisco Morgado pelo completar de mais um ano de vida.
Muitos parabéns Francisco, feliz dia de aniversário! 

domingo, 1 de setembro de 2013

Parabéns, Filarmonia!


Hoje assinala-se, pela primeira vez, o Dia Nacional das Bandas Filarmónicas em Portugal.
Parabéns a todas as Bandas Filarmónicas, Músicos Filarmónicos, Maestros, Dirigentes, Responsáveis, Associados e demais pessoas e entidades direta ou indiretamente ligadas a estas instituições culturais tão evidentes no nosso país!
Neste dia, em particular, somos Orgulhosamente Filarmónicos!